10 dicas para não sentir dor na coluna


Sete em cada dez brasileiros sofrem com dor na coluna. As dores nas costas são, sem dúvida, a grande razão das principais queixas relacionadas à dor de muitas pessoas em todo mundo. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 80% das pessoas no mundo sofrem, ou sofrerão ao longo da vida, com algum tipo de dor nas costas. Um percentual alto dessas pessoas vai conviver com dor na coluna crônica, seja em qual for o seguimento da coluna, durante anos ou até mesmo durante toda a vida.

  1. Reveja sua postura sentada: o ponto chave da postura sentada é o quadril. Sempre sente com o encosto da cadeira próximo ao quadril e evite flexão do tronco e/ou inclinar-se para frente (a musculatura do abdômen deve está sempre forte para manter a melhor postura);

  2. Corrija sua posição de dormir: passamos praticamente um terço de nossas vidas dormindo ou repousando. Comece comprando um bom colchão, evite dormir de barriga para baixo (decúbito ventral). A melhor posição, ainda é a de lado (decúbito lateral), com um travesseiro entre as pernas e o apoio cervical alinhado numa altura que preencha o espaço entre a ponta do ombro e o pescoço;

  3. Observe como você deita e levanta da cama: Não iniciar o dia pulando agitado da cama com o tronco torcido. O ideal, é que antes de levantar você fique de lado, flexione as pernas, depois se aproxime da lateral da cama, levante-se com apoio dos braços no colchão e, depois de sentado apoie os pés no chão levantando com calma. Para deitar-se siga o caminho inverso;

  4. Corrija sua forma de agachar para pegar objetos no chão: Evite agachar-se dobrando as costas ao meio (Flexionando o tronco) o ideal é que, para pegar qualquer objeto no chão, o movimento comece do quadril (flexão do quadril) juntamente com joelhos dobrados (flexionados) para que a carga seja dissipada para essas articulações e sua coluna não sofra;

  5. Alongue bem os músculos da cadeia posterior: Estudos mostram que indivíduos com os músculos que compõem a parte de trás do corpo bem alongados diminuem a incidência de dores nas costas. Isso por que, uma musculatura alongada diminui a pressão entre as articulações e consequentemente, as dores.

  6. Fortaleça os músculos estabilizadores da coluna vertebral: Assim como, o alongamento trás seus benefícios, fortalecer os músculos que fazem a “parede” protetora à coluna vão dar mais estabilidade aos movimentos e também uma menor pressão intra-articular, evitando assim, o sofrimento das estruturas que servem de amortecimento entre uma vértebra e outra. Tenha sempre os músculos para-vertebrais e de Abdômen muito fortes. O famoso “Super Homem”.

  7. Beba bastante água: De fato, o efeito lubrificante da água nas articulações é muito importante. Quando as cartilagens estão satisfatoriamente hidratadas, as extremidades ósseas se movimentam com facilidade. Se as cartilagens estiverem desidratadas, ocorrem movimentos abrasivos que podem culminar em danos irreversíveis e dores localizadas. A desidratação do núcleo é um dos motivos pelos quais as pessoas desenvolvem as hérnias discais e diminuem de tamanho com o passar dos anos.

  8. Dirija com boa postura: Ao dirigir, sente-se em uma distancia do volante em que os joelhos fiquem em posição levemente mais alta que a dos quadris. Isso evitará danos e/ou dores na região lombar e cervical;

  9. Ergonomia no trabalho com o computador: Seu PC deve ser colocado bem na sua frente, entre 40 cm e 60 cm de distancia dos olhos. Ao olhar, a tela deve estar abaixo da linha horizontal, de 5 a 15 graus goniométricos;

  10. Perca peso: Quem está um pouco acima do peso pode apresentar diversas alterações posturais. O aumento da concentração de massa gorda provoca alterações musculoesqueléticas e consequente desequilíbrio do corpo, mudando assim, o alinhamento corporal. “O corpo é como uma balança, se algo pesa de um lado, os músculos e as articulações sofrem as consequências do outro” afirma o fisioterapeuta Oldack Borges de Barros, presidente da Sociedade Brasileira de RPG.

FONTE: http://goo.gl/kpwSaa

1 visualização